Atendimento

Atualizando informações ...

Progespon com 25 UN

Ref: 955
Marca: Zoetis
Descrição Geral

Progespon é constituido por esponjas vaginais de poliuretano impregnadas com acetato de medroxiprogesterona (MAP) produzido pela Syntex S.A. com tecnologia própria e alto controle de qualidade, o que garante resultados uniformes. O MAP é um progestágeno sintético 100 vezes mais potente que a progesterona, que absorvido pela via vaginal, atua eficazmente como sincronizador de cio em ovelhas e cabras. Os progestágenos são utilizados em muitas espécies, inibindo a liberação de hormônios luteinizantes (LH) e folículo estimulantes (FSH) hipofisários, inibindo a ovulação até o momento desejado. Logo após a retirada das esponjas vaginais impregnadas com MAP, a concentração de progesterona no sangue cai rapidamente o que permite a retomada das funções ovarianas e o retorno ao cio.

 

FÓRMULA

Cada esponja vaginal de PROGESPON contém:

Acetato de medroxiprogesterona (MAP)..................60mg

Azul de metileno..................q.s.p

 

INDICAÇÃO

Progespon é recomendado para a sincronização de cios em ovinos e caprinos em anestro estacional, como complemento para o tratamento do anestro de diversas etiologias e também em tratamentos superovulatórios em ovinos e caprínos. A administração de gonadotrofina coriônica eqüina (eCG/PMSG) no momento da retirada das esponjas vaginais potencializa a ação sincronizante dos progestágenos, assegurando uma perfeita sincronização dos cios férteis. Este tipo de associação é bastante eficiente sendo rotineiramente utilizada em programas reprodutivos para ovinos e caprinos.

 

MODO DE USO E DOSAGEM

As esponjas vaginais de PROGESPON devem ser aplicadas profundamente na vagina da fêmea de forma manual ou através do uso de um aplicador ou vaginoscópio. É recomendada a assepsia da região vulvar antes da colocação da esponja vaginal, assim como a anti-sepsia dos aplicadores e/ou materiais utilizados para cada animal. Sugere-se a uso local de antibióticos e/ou anti-sépticos em spray na vulva, ou na própria esponja antes de sua colocação na vagina. Recomenda-se a ruptura do himen nas fêmeas jovens 24 a 48 horas antes da colocação da esponja vaginal a fim de que se evitem aderências. A retirada da esponja deve ser feita através da tração do fio de algodão, 11 a 14 dias após a sua colocação, variando este período de acordo com a espécie e programa reprodutivo desejado.

Produtos visualizados

Carregando ...